redutor-de-velocidade-o-que-e,-como-funciona-tipos

Redutor de Velocidade: O que é, Como Funciona, Tipos

O redutor de velocidade é um dos equipamentos mais usados em indústrias e usinas. Mas você sabe como ele funciona? Sobretudo, como podem melhorar as produções e entregas de materiais? Este conteúdo traz essas e outras respostas. 

Olhar constantemente para todos os detalhes, como o estado e o desempenho das máquinas, garante mais sucesso à indústria. Afinal, a atuação dos maquinários impacta em todos os indicadores de negócios (alta produtividade, economia, qualidade e sustentabilidade). 

Então, não perca mais tempo e comece a sua checagem pelos redutores de velocidade!

Descubra tudo aqui! 

O que é um redutor de velocidade?

Redutor de Velocidade

O redutor de velocidade é um conjunto de peças que trabalham dentro de máquinas, sejam industriais ou domésticas. Mais adiante, você verá quais são os tipos específicos e, claro, o porquê os redutores são tão importantes. 

Continue a leitura!

Qual a função de um redutor de velocidade?

Agora que você já sabe o que é um redutor, é possível abordar a parte da funcionalidade. 

Como o próprio nome adianta, o equipamento em pauta foi desenvolvido para diminuir a velocidade de rotação em acionadores. Para grandes maquinários usados em indústrias, essa função é bastante comum e essencial. 

Vale saber, ainda, que também existe o multiplicador de velocidade. Neste caso, o objetivo é o contrário do redutor, ou seja, serve para aumentar a rotação das máquinas. 

Principais elementos de um redutor de velocidade

principais-elementos-de-um-redutor-de-velocidade
Principais Elementos de um Redutor de Velocidade

Como citado anteriormente, o redutor de velocidade industrial ou caseiro é composto de várias peças. Veja quais engrenagens fazem parte do processo: 

  • carcaça: funciona como a proteção dos redutores de velocidade. Exatamente por isso ela é feita de ferro fundido;
  • eixo de entrada (também conhecido como rosca sem-fim);
  • eixo de saída: feito de aço e finalizado com processo térmico para garantir maior durabilidade; 
  • coroa: é feita de bronze e tem contato direto com a rosca sem-fim, isso possibilita o controle do movimento;
  • eixos e mancais: os primeiros permitem o movimento de rotação nas máquinas, já os segundos servem de apoio dos próprios eixos;
  • rolamentos: desenvolvidos para transportar e suportar cargas. Sendo assim, facilitam a rotação;
  • retentores;
  • parafusos;
  • tampas;
  • lubrificação: geralmente feita com óleo ou graxa;
  • placa de identificação.

Como funciona um redutor de velocidade?

O redutor de engrenagens pode funcionar por meio de diferentes fontes de energia, por exemplo:

  • turbina a vapor;
  • motor elétrico;
  • motor hidráulico;
  • motor de combustão interna.

Toda vez que um equipamento necessita de uma rotação diferente daquela gerada pelo acionador, o redutor de velocidade se faz extremamente importante. 

Desse modo, ele consegue mudar a intensidade de movimento e, ao mesmo tempo, transmitir potência. 

O passo a passo do funcionamento é o seguinte: o eixo de entrada, geralmente, é o que recebe a força do motor ou da turbina, dependendo do caso. Por sua vez, no eixo de saída, é possível observar a movimentação que já sai mais lenta. 

Características de redutores de velocidade

As características podem variar bastante, uma vez que existem vários tipos de redutores de velocidade. Alguns dos principais fatores encontrados em todas as variações são os seguintes: 

  • baixo ruído;
  • excelente rendimento;
  • alta resistência;
  • longa vida útil;
  • tamanho compacto; 
  • utilidade totalmente importante, sobretudo, para indústrias e usinas; 
  • preço acessível, na grande maioria das vezes;
  • ótimo custo-benefício;
  • entre outros. 

Quais são os tipos de redutores de velocidade?

quais-sao-os-tipos-de-redutores-de-velocidade
Tipos de Redutores de Velocidade Redutor de Parafuso Sem-Fim

É possível encontrar redutores de quatro formas. Fique bastante atento a essa parte, uma vez que ela te dará clareza para saber qual tipo de engrenagem escolher para o seu maquinário. 

Os tipos são os listados abaixo: 

  • redutor de parafuso sem-fim: é o mais recorrente em máquinas industriais. Possui baixo ruído. Utilizam apenas duas peças em cima de rolamentos e tampas. Além disso, podem ser utilizados, por exemplo, em guinchos e transportadores de correias; 
  • redutor de trem de engrenagem: tipo que pode ser usado em transportadores de correia. Possui alta produtividade e ainda gera poucos cuidados necessários à manutenção;
  • redutor planetário: desenvolvido para engrenagens com  sistema central e planetários. Mais especificamente, esse tipo de redutor age sobre as partes separadas do sistema, ou seja, as planetárias. É muito comum em centros de usinagem;
  • redutor de engrenagens cônicas: criado para gerar altas potências ao torque. Também é complexo e compacto, além de muito comum em maquinários agrícolas. 

A título de curiosidade: você sabia que também existem redutores de engrenagens domésticos? Eles geralmente são usados em portões e, até mesmo, em churrasqueiras. 

5 Vantagens do redutor de velocidade

Os redutores de velocidade possuem diversas funcionalidades, isso por si só já é uma grande vantagem. Mas não para por aqui. 

Veja quais são os outros quatro benefícios que os equipamentos proporcionam: 

  1. ajuste de funcionamento entre torque, rotação e velocidade;
  2. aumento da produtividade;
  3. diminuição de custos;
  4. redução de ruído e vibração (é importante lembrar que os altos níveis de vibração em máquinas industriais podem comprometer a função. Além disso, a ação de vibrar em excesso gera mais custos financeiros. 

Conclusão

Gostou de saber que existem redutores de velocidade pequenos e grandes para uso doméstico e industrial? 

Agora com todas as informações sobre funcionalidade, tipos e elementos, aproveite para escolher os redutores de engrenagens perfeitos para os seus negócios! 

Com a escolha certa, sem dúvidas, você poderá ter todas as vantagens citadas aqui, além de tantas outras. 

Lembre-se, também, de conferir a qualidade e a tradição da marca de redutores. Conheça a linha completa de Acoplamentos e peças industriais da Antares!

Caso tenha ficado alguma dúvida, fique à vontade para comentá-la no espaço abaixo. A Antares tem o prazer de oferecer ajuda para o seu trabalho.  

Sobre o autor:

Compartilhe este artigo:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

Bem vindo
ao Blog Antares

Com sede em Caxias do Sul (RS), a Antares é um dos mais importantes fabricantes de acoplamentos no Brasil. Aqui você verá novidades da empresa e tendências no setor de Acoplamentos Flexíveis.

Cadastre-se para receber novidades do Blog Antares:

Leia também:

Fechar Menu