desalinhamento-de-eixo-o-que-e-tipos-e-como-identificar

Desalinhamento de eixo: o que é, tipos e como Identificar!

Você sabe quais são os principais problemas relacionados ao funcionamento de maquinários? A Antares coloca um dos dilemas em pauta. Neste conteúdo, você saberá tudo sobre o desalinhamento de eixos. 

Vale já adiantar que o impasse pode intensificar o gasto de energia, danificar máquinas e, consequentemente, aumentar os gastos da indústria. 

Sendo assim, é extremamente importante entender o conceito do desalinhamento, porque ele ocorre, quais são os tipos de desalinhamento de eixos, como solucionar os problemas, entre outras informações. 

Aproveite a leitura! 

O que é desalinhamento?

Primeiramente, é importante ter a ciência de que, o desalinhamento que falaremos neste tópico ocorre em máquinas rotativas, como, por exemplo, a montagem de uma bomba e um motor. 

Para que tudo funcione adequadamente os eixos devem girar concentricamente. Isto significa que se imaginarmos uma linha longitudinal passando pelo centro de cada um dos eixos, essas linhas deveriam ser a mesma, ou seja, os eixos estariam perfeitamente alinhados entre si.

Porém esta condição não existe na prática, em função de tolerâncias na fabricação das bases, construção da base civil onde será montado o conjunto de acionamento e outros.

Sendo assim o processo de correção do alinhamento entre os eixos é extremamente importante para o funcionamento e vida dos equipamentos acoplados. 

Qual a importância do alinhamento de eixo?

qual-a-importancia-do-alinhamento-de-eixo

Agora que você já sabe o que é o desalinhamento, chegou o momento de entender o porquê da importância deste processo… 

O primeiro ponto é que o alinhamento contribui para o funcionamento adequado das máquinas, podendo atender às condições de projeto de cada uma delas.

O principal problema em um conjunto rotativo é a vibração, e uma das causas principais é o desalinhamento excessivo entre os eixos.

Outro ponto importante está diretamente ligada à manutenção. O bom alinhamento proporciona o aumento de vida útil das máquinas acopladas e de seus componentes, como rolamentos, vedações e do próprio acoplamento usado.

O que causa o desalinhamento de eixos?

Geralmente, o problema é causado principalmente por fundações (base civil) mal construída ou bases metálicas não usinadas ou mal projetadas.

Quais são os tipos de desalinhamento?

Desalinhamento angular

Neste primeiro caso, as linhas centrais — que passam pelos centros dos eixos — não estão paralelas e formam um ângulo entre si. Por exemplo, os pés frontais de um motor estão mais altos que os pés traseiros.

Desalinhamento paralelo ou radial

Acontece quando as linhas centrais — que passam pelos centros dos eixos – ficam paralelas entre si mas deslocadas do centro. Por exemplo, o motor está mais alto que a bomba.

Desalinhamento axial

Acontece quando a distância entre as pontas de eixo estão em desacordo com o GAP indicado no catálogo/manual do acoplamento utilizado. Ou seja, as pontas de eixo estão mais próximas ou mais afastadas que o valor devido.

Desalinhamento combinado

Em geral, o desalinhamento entre eixos é sempre uma combinação dos 3 tipos de desalinhamento e devem ser corrigidos uma a um no processo de alinhamento. 

Problemas ocasionados pelo desalinhamento

São vários os problemas que o desalinhamento de eixo pode causar. Todos eles, de alguma maneira, podem trazer prejuízos à indústria com falha prematura de componentes e perda de produção. Veja quais são os dilemas: 

  • Diminuição na capacidade de produção:

O desalinhamento pode prejudicar algumas condições internas das máquinas, por exemplo, aumento da temperatura. Com isso, há o impacto na perda de energia, ao invés dela ser 100% aproveitada para gerar o funcionamento, tem uma parte perdida. O resultado, então, é a diminuição da potência disponível e redução da produtividade.. 

  • Danos em componentes:

A falta de alinhamento também pode afetar outras peças que fazem parte do conjunto de acionamento, como engrenagens, mancais/rolamentos, acoplamentos, selos mecânicos, entre outras. Assim, há o risco maior da máquina toda parar de funcionar prematuramente.

  • Vibração excessiva:

Também pode acontecer das máquinas terem o aumento da vibração (propagação mecânica de frequência e amplitude específicas), isso pode fazer com que os componentes dos maquinários sofram maior desgaste. Vibração é o grande vilão em máquinas rotativas e são sempre monitoradas por sensores. Excesso de vibração provoca a parada repentina do equipamento.. 

Como identificar os desalinhamentos de eixos?

No geral, para identificar o desalinhamento entre eixos, é necessária uma observação minuciosa. A equipe de trabalho deve estar atenta e analisar se há as seguintes alterações: 

  • aumento da vibração nos equipamentos;
  • elevação de temperatura nos mancais;;
  • parafusos soltos ou frouxos;
  • vazamento de óleo
  • falha prematura em elementos elásticos dos acoplamentos

Como solucionar o desalinhamento de eixos?

como-solucionar-o-desalinhamento-de-eixos

A boa notícia é que dá para corrigir os tipos de desalinhamentos em máquinas rotativas de modo seguro. 

O alinhamento pode ser feito através de réguas metálicas + calibrador de folga, com relógio comparador ou alinhadores a laser.

Qualquer que seja o método, o importante é ser executado por profissionais treinados para obter o melhor resultado possível.  

Dica bônus: o investimento em acoplamentos de alta qualidade com maior capacidade de acomodar desalinhamentos inevitáveis, é sempre uma medida de prevenção. Isso porque eles têm maior flexibilidade e conseguem reduzir a vibração a níveis aceitáveis e asseguram a transmissão de potência. 

Conclusão

O dia a dia em indústrias pode gerar diferentes desafios e obstáculos. Os eixos desalinhados em máquinas são alguns dos impasses. 

Mas, agora, você pode ficar mais tranquilo, uma vez que sabe os principais pontos e, sobretudo, como resolver a questão. 

Frequentemente, esteja atento aos equipamentos, ao modo como eles funcionam, se permanecem com as características originais ou se sofreram modificações. Uma simples observação, como, por exemplo, a intensidade da vibração já pode dar sinais de que algo está fora do normal. 

Se precisar trocar algumas peças, aproveite para conhecer a linha de Acoplamentos da Antares!

Por fim, mas não menos importante, lembre-se constantemente de manter a sua equipe de trabalho atualizada com as informações dos produtos essenciais para sua produção!

Sobre o autor:

Compartilhe este artigo:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

Bem vindo
ao Blog Antares

Com sede em Caxias do Sul (RS), a Antares é um dos mais importantes fabricantes de acoplamentos no Brasil. Aqui você verá novidades da empresa e tendências no setor de Acoplamentos Flexíveis.

Cadastre-se para receber novidades do Blog Antares:

Leia também:

Fechar Menu