Manutenção Prescritiva: O Que É e Por Que É o Futuro da Indústria?

12/04/2021
Acoplamentos
Lourenço Daudt

A manutenção prescritiva é um passo além para as indústrias, uma verdadeira revolução que vai automatizar processos e ajudar as empresas a reduzir custos.

Se você busca as melhores inovações para a sua empresa, deve entender o papel que a manutenção prescritiva vai ter nas rotinas operacionais daqui para frente.

Ainda não conhece o termo ou mesmo não conseguiu se aprofundar o suficiente?

Aqui no Blog da Antares Acoplamentos abordamos todas as tendências para a indústria, tendo na gestão da manutenção industrial um dos nossos pilares.

Continue a leitura conosco para aprender mais sobre esse conceito que pode revolucionar a sua empresa!

Manutenção Prescritiva O Que É?

o-que-e-manutencao-prescritiva

Manutenção prescritiva é um conceito de manutenção que visa explorar a coleta e análise de dados do maquinário para, então, chegar a conclusões sobre a sua condição atual.

Assim, de forma autônoma e com auxílio de dispositivos IoT e Inteligência Artificial, visa entender como um equipamento performa para chegar a recomendações especializadas e resultados correspondentes para reduzir os riscos operacionais.

É um conceito de manutenção de máquinas industriais que se assemelha à manutenção preditiva.

Essa última, em algumas plantas fabris, já emprega o uso de sensores para coletar com precisão dados que descrevem a condição de um máquina, bem como seu estado operacional.

Os dados podem então ser analisados para prever quando ocorrerão eventos de falha.

Já a manutenção prescritiva leva essa análise a outro patamar, não apenas prevendo eventos de falha, mas também recomendando ações a serem tomadas.

Os resultados potenciais dessas recomendações são também calculados e antecipados.

Quais os Parâmetros da Manutenção Prescritiva?

A manutenção prescritiva é um conceito novo, desenvolvido por alguns nomes da indústria como Dan Miklovic, analista da LNS Research.

De acordo com o mesmo, existem alguns parâmetros que definem essa nova modalidade de manutenção industrial:

Automação

Quanto maior o nível de automação no chão de fábrica, é preciso de uma velocidade de resposta mais rápida aos problemas do maquinário.

Economia

Não é mais suficiente entender o que vai falhar e quando vai falhar. É preciso de aprofundamento, que permita maior entendimento sobre as opções de manutenção e seus impactos financeiros.

Capacitação da Mão de Obra

Com a mudança da força da mão de obra, será necessário contar com equipamentos industriais condizentes com o nível de capacitação.

Desse modo, é preciso investir em ferramentas inteligentes, que prestem assistência qualificada.

Condições Operacionais

Com a manutenção prescritiva, vai ser possível analisar não apenas as condições intrínsecas do equipamento, mas as condições operacionais: pressão, temperatura do ambiente, vibração, fluidos utilizados, etc.

Tudo isso vai ser analisado para que um melhor diagnóstico de operação seja recomendado.

Desempenho dos Ativos

Para realizar a melhor gestão de ativos, será necessário utilizar dados e efetuar análises cada vez mais qualificadas de modo a impactar profundamente o desempenho de máquinas e equipamentos.

Quais as Vantagens da Manutenção Prescritiva Para a Indústria?

Através da manutenção prescritiva, é possível que a empresa obtenha recomendações altamente precisas sobre o chão de fábrica.

Assim, poderá utilizar de todas as vantagens dos dispositivos IoT, da Inteligência Artificial e do aprendizado de máquina para potencializar a capacidade produtiva de uma empresa.

Quer um exemplo prático?

Com a manutenção prescritiva, é possível identificar os pontos-críticos que gerarão despesas em máquinas — meses antes de se tornarem aparentes para os operadores humanos.

Isso permite que uma empresa ou organização planeje as aquisições de forma mais econômica.

Qual a Diferença em Relação aos Outros Tipos de Manutenção?

diferenca-manutencao-prescritiva-outros-tipos-de-manutencao

De maneira geral, a manutenção prescritiva pode ser encarada como uma evolução natural da manutenção preditiva, um conceito muito próximo da Indústria 4.0.

No entanto, ela tem aspectos de cada um dos três principais tipos de manutenção industrial. Que tal entender essa relação?

Manutenção Preventiva

Como a manutenção prescritiva, é um tipo de manutenção industrial planejada de acordo com um cronograma — definido por especialistas ou mesmo pelos fabricantes da máquina ou equipamento.

O objetivo da Manutenção Preventiva é evitar que falhas apareçam, identificando os problemas ainda na sua raíz e atuando de forma direta na sua correção.

Manutenção Preditiva

A manutenção preditiva é um tipo de manutenção industrial semelhante à preventiva, mas conta com alguns avanços conceituais.

É realizada durante a atuação da máquina, com o operador ou técnico notando em sinais como vibração, temperatura, espectrometria, análise de óleos lubrificantes, etc.

Também pode utilizar alguns recursos tecnológicos para realizar essa análise, mas os resultados costumam ser mais binários.

Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva é a mais básica das estratégias de manutenção, realizada após a ocorrência de uma falha, com intuito de corrigi-la.

Não há uma relação direta com a manutenção prescritiva, mas é bom conhecê-la para entender o potencial de redução de custos e potencialização da vida útil do maquinário desta última.

Quais São os Elementos de Um Bom Programa de Manutenção?

Para ajustar seu planejamento e controle da produção e implementar a manutenção preditiva, antes de tudo é necessário configurar um bom programa de manutenção.

Ou seja, um planejamento que envolva práticas de manutenção preventiva, corretiva e preditiva.

Confira os principais elementos desse plano de ação:

  • Os equipamentos a serem monitorados;
  • Os tipos de serviços e intervenções realizados;
  • O tempo que cada um dos procedimentos deve levar;
  • As ferramentas necessárias para o sucesso das ações;
  • Os responsáveis técnicos por cada serviço;
  • Os intervalos de cada inspeção e intervenção.

Conclusão

Considerado como um avanço para a indústria, a manutenção prescritiva ainda tem muito a caminhar até ser amplamente adotada.

No entanto, conhecer o conceito, suas premissas e vantagens é um ótimo diferencial estratégico para você.

Neste conteúdo, você pode mergulhar por todos esses tópicos sobre a manutenção prescritiva, bem como sua relação com outros tipos de manutenção industrial.

Assim, fica mais fácil implementar a renovação no seu chão de fábrica, certo?

Para mais dicas sobre indústria e gestão da sua fábrica, continue de olho aqui no Blog da Antares Acoplamentos!

E se sobrar qualquer dúvida, interaja conosco nos comentários aqui embaixo!

Até a próxima!

Sobre o autor:
Lourenço Daudt
Lourenço Daudt trabalha na engenharia de aplicação da Antares Acoplamentos. Há anos trabalha visitando fábricas e acompanhando de perto as dificuldades dos operadores no dia-a-dia.