Acoplamento de pneu: o que é e como escolher o melhor? [PASSOS]

09/11/2021
Acoplamentos
Lourenço Daudt

Você conhece bastante sobre acoplamento de pneu? Vale sempre frisar que, quanto mais conhecimentos possuímos a respeito do funcionamento de máquinas e sistemas industriais, melhor para a produtividade. Pensando nisso, preparamos este conteúdo todo sobre o assunto.

Mais especificamente, vamos ver juntos o que significa esse termo, como ele funciona, qual o objetivo, particularidades e as vantagens dele. 

Além disso, também separamos dicas para você escolher o modelo ideal. 

Então, não perca mais tempo e confira todas as informações por aqui! 

Leia também: Lean Manufacturing: o que é, como funciona + princípios básicos! 

O que é um acoplamento de pneu?

O acoplamento flexível – também chamado de acoplamento de pneu– é o responsável por unir dois eixos que precisam de uma transmissão de torque e rotação. 

Ao contrário do que se pode imaginar, esse acoplamento não tem nada a ver com meios de transporte. 

Ele é composto por um conjunto de três peças: dois cubos em metal e um centro elástico. O acoplamento de pneu tem esse nome por conta do seu formato, que lembra bastante um pneu. 

Acoplamento de pneu: 4 características importantes

O acoplamento de pneu é o que chamam de “torcionalmente elástico”, ou seja, é flexível em mais de uma direção, além de estar disponível em diversas opções de flange. Ele foi batizado dessa maneira porque assemelha-se a um pneu.

É adequado para a maioria das aplicações

Porque conta com um elemento flexível, um centro elástico produzido em borracha, o acoplamento de pneu é capaz de compensar o desalinhamento simultâneo em todos os planos, tornando-o uma solução versátil e confiável. 

Além disso, ele possui ótimas propriedades de absorção de impacto, o que diminui consideravelmente os choques e oscilações torcionais. 

Eles se adequam à diferentes temperaturas

Alguns acoplamentos do tipo são fabricados em borrachas naturais, o que quer dizer que devem ser usados em temperaturas ambientes que variam de -50 °C até 50 °C. Isso já é uma grande faixa de temperatura, mas alguns outros modelos podem aguentar ainda mais. 

Os acoplamentos fabricados em borracha de cloropreno podem ser usados em ambientes com temperaturas extremas, que variam de -15 ºC e 70 ºC. 

Ele é mais robusto que outros tipos de acoplamento

Por sua construção, os acoplamentos de pneu tendem a ser mais duradouros quando comparados a outros tipos de acoplamentos, como o de correia, garra ou bucha, por exemplo. 

Eles também têm um desalinhamento máximo de 6,6 mm, em média, e capacidade de torque de 14.675 N.m.

Ele ajuda a diminuir a paradas não programadas no maquinário

Por ser capaz de suportar desalinhamentos – um dos maiores responsáveis por problemas em máquinas em chão de fábrica – a acoplamentos de pneu tendem a diminuir o número de intervenções de manutenção durante a vida útil de um equipamento, aumentando a produtividade e previsibilidade de seu funcionamento. 

acoplamento pneu por que utilizar

Tem fácil manutenção

Por ter uma construção mais simplificada, o acoplamento de pneu é capaz de proporcionar uma manutenção mais descomplicada e rápida. Uma de suas grandes vantagens nesse aspecto é fazer com que processos de manutenção não demandem a remoção das máquinas acopladas. 

Também é importante lembrar que, para aumentar a vida útil, tanto do acoplamento, quanto das máquinas conectadas a ele, é preciso que eles estejam em alinhamento perfeito. Em cenários como esse, o acoplamento é capaz de proporcionar uma alta compensação de desalinhamento e absorver muito melhor todas as trepidações. 

Além disso, esse tipo de acoplamento também é conhecido por… 

  • Dispensar lubrificação;
  • Proteger os demais componentes da máquina; 
  • Garantir o isolamento elétrico entre ambos os eixos.

Aplicações do acoplamento de pneu na indústria

Os acoplamentos do tipo pneu são muito utilizados em motores de combustão, além de serem a opção mais segura para equipamentos que têm alta rotação. 

São também capazes de unificar as extremidades dos eixos com eficiência, sendo muito bem aplicados  em saída de redutores, digestores, transportadores, elevadores de carga, bombas de iodo e mais. 

Idealmente, ele deve ser instalado em aplicações que têm uma demanda média a alta no torque, já que ele é capaz de reduzir danos graças aos seus elementos elásticos comprimidos. 

Por que utilizar um acoplamento de pneu na sua indústria?

acoplamento-de-pneu-porque-usar-na-industria

É claro que o acoplamento de borracha e aço não foi feito ao acaso.  

Além de possibilitar a união de dois eixos para para transmissão de torque e a rotação, esse tipo de acoplamento ainda reduz problemas comuns ao movimento rotativo. 

Nesse caso, estamos falando de desalinhamentos radiais, angulares e axiais. Outra correção é quanto à vibração excessiva e aos choques. 

Na maioria das aplicações, sem esses tipos de ajustes, não é possível ter máquinas e equipamentos em pleno funcionamento e, consequentemente, focados na alta produtividade.  

Como acontece o desalinhamento de eixo?

Quando dizemos que existe um desalinhamento, significa que os eixos não giram concentricamente. 

Parece complicado? 

Basta imaginar linhas longitudinais que passam pelo centro dos eixos, no fim, elas precisam virar uma só. Ou seja, todas devem seguir um alinhamento. 

Só que isso não acontece de forma natural, para corrigir a falta de sincronia, é preciso investir nos acoplamentos! 

O que significa a vibração nos maquinários? E por que é um problema? 

A vibração mecânica, dentro da física, é a emissão de ondas em determinadas frequências e amplitudes.

Isso é um grande problema para as indústrias, já que pode danificar parcial ou totalmente os equipamentos. 

Fora esse ponto, ainda pode comprometer a saúde e o bem-estar dos trabalhadores. 

É comum, por exemplo, que as pessoas tenham perda de equilíbrio, aumento da frequência cardíaca, perda do controle muscular, desconfortos no estômago, entre outras consequências. 

Quais as vantagens do acoplamento de pneu?

No tópico anterior, falamos sobre algumas das razões para usar o acoplamento de pneu. A ótima notícia é que existem outras vantagens. 

Então, para simplificar tudo, colocamos todos os pontos nessa lista abaixo. 

Confira quais benefícios são esses: 

  • ligação entre eixos;
  • absorve desalinhamentos (axiais, angulares e radiais);
  • amortece choques e vibrações;
  • aumento da capacidade de produção;
  • redução de ruídos;
  • fácil montagem;
  • dispensa de lubrificação;
  • tolerância maior de alinhamento;
  • elevação da vida útil dos equipamentos e máquinas;
  • manutenção simples;
  • aumento da produtividade;
  • diminuição de prejuízos para a indústria.

Você imaginava que o acoplamento de pneu tivesse tantos benefícios?

O que difere o acoplamento de pneu dos demais modelos?

O acoplamento pneu possui o próprio formato mais diferenciado, uma vez que possui uma parte elástica de borracha. 

Essa estrutura se une perfeitamente com os anéis de fixação e transforma tudo em uma coisa só. Se quiser, também é possível variar a forma de montagem desse acoplamento tão singular. 

É válido lembrar que também existem os acoplamentos de: elástico, de engrenagens e lâminas. 

E, claro, a escolha correta vai depender das suas necessidades específicas. 

Como escolher o melhor acoplamento de pneu para sua indústria?

Os acoplamentos são elementos essenciais em qualquer indústria, por isso, alguns cuidados na escolha são muito importantes. 

Existem  diferentes tipos de acoplamentos no mercado atualmente e, por isso, preparamos algumas dicas que são essenciais para te ajudar a determinar se o acoplamento de pneu é, realmente, o mais adequado para suas aplicações. Veja agora: 

Analise a necessidade de redução de vibrações

Se você precisa que as vibrações de um sistema sejam diminuídas ou minimizadas, o acoplamento de pneu é uma solução adequada. 

É o modelo mais flexível, por contar com  um elemento emborrachado de alta resistência.  É capaz de absorver uma alta vibração , garantindo mais estabilidade para o funcionamento, e vida útil, do maquinário. 

O acoplamento precisa ser fácil de instalar? 

Enquanto acoplamentos hidráulicos, por exemplo, precisam de uma mão de obra mais especializada para sua instalação, os acoplamentos flexíveis  (como o de pneu) têm um processo mais facilitado. 

Além disso, é possível trocar o elemento elástico, sem a necessidade da remoção do motor ou máquina acionada.

Avalie os custos de aquisição

Os acoplamentos de pneu, ao contrário de outros tipos de acoplamento, não possuem um valor de investimento inicial elevado. Por isso, eles tornam-se uma das opções com melhor custo-benefício do mercado, oferecendo segurança e confiabilidade por um preço acessível. 

Onde comprar acoplamento de pneu?

Atualmente, é possível encontrar fornecedores confiáveis de acoplamento de pneu por meio da internet. 

A Antares Acoplamentos, por exemplo, é uma empresa pioneira no ramo da fabricação de acoplamentos no mercado brasileiro, atendendo os segmentos açúcar, álcool, máquinas e equipamentos, mineração, siderurgia,  celulose e petróleo com excelência e seriedade. 

Nós estamos sempre buscando o aperfeiçoamento dos nossos produtos, investindo em tecnologia de ponta e pesquisa nas mais renomadas instituições de ensino nacionais e internacionais. 

Além disso, desde 2004, todos os processos da Antares são certificados pela norma ISO 9001. Essa é a garantia de um alto padrão de qualidade tanto no gerenciamento de procedimentos internos, como no atendimento do cliente.

Dentre as soluções que oferecemos, você pode encontrar: 

  • Acoplamentos flexíveis;
  • Acoplamentos elásticos; 
  • Engrenagens;
  • Acoplamentos de lâminas; 
  • E mais!

Para conhecer mais sobre a Antares Acoplamentos, e saber onde adquirir nossos produtos, visite a nossa página de distribuidores

acoplamento pneu

Conclusão

Se você chegou até aqui, aproveite a riqueza de informações e detalhes a respeito do acoplamento do tipo pneu! 

Na próxima inspeção das máquinas e equipamentos, confira se não falta esse dispositivo para que os sistemas funcionem perfeitamente. 

Só assim dá para facilitar o trabalho dos colaboradores, aumentar os níveis de produção, garantir insumos ou produtos de alta qualidade e, ainda, manter o tempo útil dos aparelhos. 

Também não se esqueça de conferir os acoplamentos com borracha da Antares Acoplamentos. Já para mais dicas como essas, continue navegando aqui pelo blog da Antares Acoplamentos!

Leita também: NCM: o que é, para que serve e onde consultar o código? 

Sobre o autor:
Lourenço Daudt
Lourenço Daudt trabalha na engenharia de aplicação da Antares Acoplamentos. Há anos trabalha visitando fábricas e acompanhando de perto as dificuldades dos operadores no dia-a-dia.