Alinhamento de eixos: tipos, como fazer e 6 vantagens [Guia]

06/12/2021
Linhas
Lourenço Daudt

No chão em fábrica, o alinhamento de eixos é um fator essencial, uma vez que garante a alta produtividade dos maquinários. 

Mas, afinal, como exatamente funcionam as peças interligadas por eixos? Mais do que isso, quais são as vantagens do estado correto e ideal? 

Para esclarecer todas as questões e te ajudar a ter melhores resultados nos negócios, a Antares traz tudo sobre as vantagens do alinhamento de eixos. 

Continue a leitura e descubra como cuidar melhor das suas máquinas industriais!

Não tenha dúvidas: os benefícios são enormes. 

Você sabe como identificar e solucionar o desalinhamento de eixos no seu acoplamento? Confira o nosso texto sobre o assunto!

O que é um alinhamento de eixos?

Toda engrenagem que funciona por meio de rotação precisa de duas peças que, justamente, giram em torno de si mesmas. 

Só que, para essa união acontecer, é necessário usar acoplamentos. Já dentro desse sistema, existe uma linha geométrica que passa pelas duas peças. 

Sendo assim, quando o encaixe dos equipamentos é perfeito há o alinhamento de eixos. 

Alinhamento de eixos e sua importância

alinhamento-de-eixos-e-sua-importancia

Agora que você já conhece do que se trata o alinhamento de eixos, vale saber a importância dessa condição. 

Neste caso, a normalidade garante o funcionamento adequado dos maquinários industriais. 

Isso, consequentemente, interfere nos altos níveis de produção, além disso, gera economia nas contas de energia elétrica e nos gastos com reparos. 

Mais adiante, você poderá saber outros detalhes a respeito das vantagens. 

Aqui ainda cabe uma informação importante: há diferentes formas de desalinhamento. Veja: 

  • desalinhamento angular e axial — ocorre quando a linha central se divide entre ângulos diferentes;
  • desalinhamento radial ou paralelo — como o próprio nome adianta, os eixos ficam paralelamente afastados;
  • desalinhamento combinado — neste caso, os eixos não ficam paralelos nem no mesmo ângulo.

Leia também: 5 Formas de Aumentar a Produtividade Industrial! [GUIA] 

6 vantagens de fazer o alinhamento de eixos

A manutenção das máquinas industriais é um fator crucial para o sucesso dos negócios.

No que diz respeito ao alinhamento de eixos, é possível ter os seguintes benefícios: 

1. Diminuição de atrito e vibração 

Quando há o alinhamento convencional, é possível reduzir o atrito e a vibração nas máquinas. Essas duas condições implicam no desgaste excessivo das peças e, até mesmo, no desperdício de energia. 

Sendo assim, eixos alinhados contribuem para o melhor funcionamento das máquinas mesmo em níveis específicos. 

2. Garantia de parafusos mais firmes 

O alinhamento de eixos também evita que os parafusos dos maquinários fiquem frouxos ou soltos. E é claro que, quando há essas incoerências, as peças podem quebrar.

3. Economia de energia elétrica

Eixos alinhados fazem com que as máquinas trabalhem em níveis normais. 

Desse modo, as engrenagens não ficam sobrecarregadas e, consequentemente, não geram mais consumo de energia elétrica. 

Uma unidade desalinhada funciona com maior produção de calor e energia, que é transferida para o ar, em vez de ser usada como potência. Este é um completo desperdício de energia elétrica e pode fazer toda a diferença na conta de luz ao final de cada mês.

alinhamento de eixos vantagens

4. Aumento da vida útil das máquinas industriais 

Com base em todas as vantagens que já foram descritas, fica evidente que o alinhamento de eixos ainda garante o aumento de vida útil das máquinas. 

Uma unidade que sofre com desalinhamentos terá a sua vida útil drasticamente reduzida, fazendo com que você despenda mais dinheiro consertando-a ou substituindo-a.

Leia também: Vibração mecânica: como reduzir?

5. Redução de custos

Como falamos em tópicos anteriores, a falta de alinhamento de eixos pode causar diversos problemas para a produção da sua empresa, tais como a falha prematura de unidades, redução da vida útil, paralisação do fluxo de trabalho, substituição precoce de máquinas e mais. 

Tudo isso pode ser resumido em apenas uma palavra: prejuízos. 

Os custos de substituir máquinas e treinar funcionários para operá-las excedem – e muito! – os custos de manutenção de um alinhamento de eixos. Isso quer dizer que, ao aplicar os cuidados de manutenção preventiva, você poderá economizar no gerenciamento da sua empresa e usar o orçamento de forma inteligente

6. É um cuidado de manutenção preventiva 

O alinhamento de eixos é um cuidado que pode consertar todos os problemas mencionados acima, mas também serve como uma prevenção para que eles sejam impedidos antes mesmo que se concretizem. 

Mas, por que prevenir estes problemas é tão importante? 

Simples, a manutenção preventiva é capaz de gerar paradas programadas, que não comprometem a produtividade da sua empresa, enquanto as manutenções corretivas precisam acontecer independentemente do fluxo de produção das máquinas. 

Dessa maneira, é possível dizer que a manutenção preventiva faz o uso mais estratégico dos recursos, evitando a paralisação. 

Como fazer o alinhamento de eixos?

Mais importante do que descobrir o que é o alinhamento e quais são as suas variações é saber como solucionar tudo.  

A boa notícia é que existem diferentes técnicas. 

Estude o caso dos seus maquinários e escolha a melhor opção em questão de praticidade, tempo e custo! 

Enfim, chegou a hora de conhecer os métodos de alinhamento de eixos. 

Métodos de alinhamento de eixos

Do tradicional ao mais moderno, há vários tipos de alinhamento em máquinas rotativas. 

Confira quais são as alternativas: 

Alinhamento de eixo a laser

O alinhamento feito com laser é uma das maneiras mais práticas. 

Com um equipamento, as ondas eletromagnéticas conseguem identificar e dar a precisão do desalinhamento dos eixos. Em seguida, basta solicitar o ajuste que é feito pelo laser. 

Apesar de prático, essa forma de solução é uma das mais caras e, também, requer uma equipe altamente treinada. 

Alinhamento de eixo por meio de ferramentas

Também é viável fazer o alinhamento de eixos com ferramentas que utilizam smartphones e tablets. 

Funciona assim: você coloca o equipamento de alinhamento na engrenagem e utiliza as telas para verificar qual o grau do problema e, claro, como fazer o ajuste.

alinhamento de eixos como fazer

Alinhamento com relógio comparador 

Neste caso, o relógio comparador precisa ser colocado em um dos pés mancos. 

Em seguida, basta observar a leitura e o resultado do relógio. Caso o número seja maior que cinco centésimos, é preciso ajustar todos os pés. Só assim é feito o alinhamento. 

Leia também: Como a durabilidade do acoplamento interfere na produtividade das empresas?

Sinais de desalinhamento de eixos

Uma pesquisa feita pela International Maintenance Conference (IMC- 2012) mostra que o desalinhamento é um dos principais motivos de falhas no maquinário industrial, respondendo por 32% de todos os problemas no chão de fábrica. 

Esta é uma estatística preocupante, principalmente quando levamos em consideração que, quando uma máquina apresenta um erro relacionado à falha no alinhamento de eixos, é provável que toda a produção precise ser suspensa para que o conserto seja feito, acarretando em prejuízos para a empresa. 

Mas, afinal, quais os sinais que um eixo pode dar sobre seu alinhamento? É possível identificar problemas de desalinhamento antes que eles se tornem graves? 

A verdade é que, sim, é possível identificar sinais de desalinhamento de eixos e tomar as medidas mais adequadas para prevenir a paralisação completa. Veja agora alguns dos principais indícios de desalinhamento: 

Equipamentos que vibram mais do que o normal

A vibração mecânica é uma ameaça para maquinário de empresas dos mais variados setores. 

As consequências da vibração excessiva podem ser catastróficas, causando a quebra de componentes, paralisação da produção e, em casos mais graves, até mesmo acidentes de trabalho.

Um certo nível de vibração é esperado durante o funcionamento de determinadas máquinas, mas quando as trepidações são excessivas, é sinal de que há algum erro no alinhamento entre eixos. 

Nesses casos, o ideal é interromper a produção e investigar mais a fundo o que pode estar causando o problema. Rotinas de manutenção preventiva e preditiva podem ajudar a prevenir o erro e evitar gastos com substituições precoces. 

Mancais com temperatura elevada

Da mesma forma que a trepidação, é esperado que o funcionamento de máquinas industriais acarrete em algum nível de calor. 

Apesar disso, o calor excessivo pode significar que o funcionamento está desalinhado, sendo um bom indício de que problemas podem acontecer. 

Sendo assim, mantenha a atenção na temperatura de funcionamento dos mancais e, ao sinal de qualquer alteração, procure o seu time de manutenção para entender o que pode estar causando o problema. 

Parafusos frouxos

Parafusos precisam estar devidamente fixados na estrutura para que o seu funcionamento ocorra de forma perfeita. 

No caso de máquinas desalinhadas, no entanto, é possível que haja uma pressão extra sobre os itens, o que causa o seu afrouxamento.

Sem a fixação apropriada, a máquina pode apresentar problemas de performance e causar acidentes de trabalho para os seus operadores.

como-evitar-o-desalinhamento-de-eixos

Falha nos elásticos do acoplamento

Os elementos elásticos do acoplamento são feitos para absorver trepidações e calor, duas variáveis comuns ao funcionamento de maquinários. 

No entanto, o seu funcionamento é otimizado sob condições normais de alinhamento. 

Isso quer dizer que, quando há uma alteração no alinhamento entre eixos, o elemento elástico pode sofrer um estresse maior do que foi projetado para aguentar, causando seu rompimento ou avaria.

Quando um elástico novo sofre com este problema, principalmente quando o problema é persistente, o alinhamento entre eixos é sempre um dos principais culpados. 

O ideal é investigar as causas para o rompimento e, se necessário, paralisar a máquina para que seu alinhamento seja feito e o elemento elástico, substituído. 

Quais são as causas do desalinhamento?

O desalinhamento, na maioria das vezes, acontece por: 

  • montagem errada de maquinários, uma vez que eles devem ficar alinhados vertical e horizontalmente; 
  • alinhamentos mal-executados;
  • pé manco; 
  • consumo excessivo de algumas peças, por exemplo, os rolamentos;
  • entre outros. 

Desalinhamento: quais os perigos para o seu equipamento

A falta de alinhamento convencional pode, simplesmente, prejudicar o funcionamento parcial ou total dos maquinários. 

Como citado anteriormente, o desequilíbrio aumenta o ruído, a vibração, a temperatura, a energia dissipada e o limite de capacidade das máquinas industriais. 

Tudo isso impacta totalmente o tempo útil das engrenagens, o que, claro, causa impactos para a saúde financeira dos negócios. 

Como saber que é hora de fazer alinhamento de eixos?

Se você quer prevenir as quebras, paralisações e avarias causadas pelo desalinhamento de eixos, é importante saber a hora exata de fazer um alinhamento correto. Aqui vão algumas dicas de como programar essas manutenções: 

  • Quando há uma queda na performance do maquinário ou em uma de suas partes, tais como engrenagens, rolamentos, acoplamentos e selos mecânicos
  • Quando a vibração e o aquecimento são excessivos durante o funcionamento.
  • Quando há um crescimento no custo de manutenção, seja por substituição ou reparo do maquinário.
  • Há um aumento no consumo de energia, mesmo sem um aumento significativo na produtividade;
  • Há o deslocamento ou a deformação de componentes; 
  • Desequilíbrio nos calços.  

Como evitar o desalinhamento de eixos?

A principal maneira de deixar os eixos alinhados é fazer a montagem correta de maquinários. Essa dica vale para qualquer situação e momento. 

Ter uma equipe treinada também faz com que os maquinários sejam devidamente usados, ou seja, sem causar problemas nos eixos. 

Além disso, é indispensável fazer a manutenção de todos os equipamentos. Observe, constantemente, se todas as peças estão em excelente estado. 

Também vale conferir  se os parafusos estão realmente fixos. 

Leia também: Acoplamento Antares Bipartido em Bomba na mineração 

Conclusão

Desde o momento em que os maquinários chegam e são instalados no chão de fábrica, é preciso tomar muitos cuidados. 

Sem a devida atenção, a instalação pode ser feita de jeito errado e, assim, causar o desalinhamento de eixos. 

Fora isso, também é essencial manter a manutenção de todas as peças e máquinas como todo. Observe os detalhes diariamente.

Quem mantém eixos alinhados consegue aumentar o tempo de vida útil das engrenagens, melhora a capacidade de produção e, desse jeito, conquista muito mais lucros. 

Para te ajudar em toda essa missão, comece da melhor forma: conheça a linha de Acoplamentos da Antares!

Você sabe como identificar e solucionar o desalinhamento de eixos no seu acoplamento? Confira o nosso texto sobre o assunto!

Sobre o autor:
Lourenço Daudt
Lourenço Daudt trabalha na engenharia de aplicação da Antares Acoplamentos. Há anos trabalha visitando fábricas e acompanhando de perto as dificuldades dos operadores no dia-a-dia.