Acoplamentos de eixo: o que é e como funciona?

20/09/2021
Acoplamentos
Lourenço Daudt

De forma geral, os acoplamentos industriais são elementos de máquina utilizados em sistemas rotativos que necessitam absorver pequenos choques e desalinhamentos.

Entre os diversos tipos de acoplamentos industriais que existem, também estão os acoplamentos de eixo, que se configura como um acoplamento flexível. 

Se você tem interesse em saber mais sobre os acoplamentos de eixo e os acoplamentos industriais em geral, está no artigo correto.

 Além de explicar mais sobre esse tipo específico, vamos falar sobre as aplicações dos acoplamentos na indústria e como escolher o melhor modelo!

Leia também sobre: Acoplamento de Engrenagem: Saiba Como Escolher o Melhor

O que são acoplamentos de eixo?

Em primeiro lugar, é importante entender o que são acoplamentos de eixo. Os acoplamentos de eixo nada mais são do que os acoplamentos utilizados na ligação de eixos rotativos com desalinhamento inevitável. 

Esses desalinhamentos, por sua vez, podem ser tanto radial, angular ou axial. Para resolver essa questão, os elementos elásticos desse tipo de acoplamento são resistentes e absorvem choque e vibrações provenientes de máquinas acionadas. 

Quais são as possíveis aplicações de um acoplamento de eixo?

acoplamento de eixo at 200

As principais aplicações de um acoplamento de eixo são em indústrias como a metalúrgica, a petroquímica, a siderúrgica e a de construção civil. Sendo assim, podem ser utilizados em máquinas como:

  • Compressores;
  • Elevadores de carga;
  • Aparelhos de produção de embalagens;
  • Transportadores;
  • Elevadores;
  • Extrusoras;
  • Ventiladores;
  • Reatores.
  • Bombas.

Principais tipos de acoplamentos industriais

acoplamento de eixo at 70

Existem diversos tipos de acoplamentos de eixo industriais utilizados no mercado. São eles, portanto: 

  • Flexíveis;
  • Rígidos ou fixos;
  • Lâminas;
  • Precisão;
  • Engrenagens;
  • Magnéticos;
  • Hidráulicos.

Acoplamentos flexíveis

acoplamento eixo flexivel

Os acoplamentos flexíveis são um tipo componente de transmissão de torque que absorve desalinhamentos e choques mecânicos e, ao mesmo tempo, reduz pequenas vibrações e ruídos. 

Sendo assim, trata-se de um dispositivo mecânico para unir eixos em sistemas rotativos de transmissão mecânica.

Acoplamentos de eixo rígidos ou fixos

Os acoplamentos rígidos ou fixos servem para unir dois sistemas de uma forma que eles pareçam um só. A rigidez de um acoplamento pode ser torcional ou total.

No entanto, se diferem dos acoplamentos flexíveis pois esse tipo de peça garante o sincronismo entre os eixos e, em certos tipos, suporta cargas radiais altíssimas. 

Acoplamentos de lâminas

acoplamento rigido

Os acoplamentos de lâminas são responsáveis pela ligação de eixos rotativos radiais, angulares e axiais em máquinas de alto desempenho.

Esse tipo de acoplamento de eixo também possui mais resistência em relação aos choques mecânicos e maior resistência a variações de temperaturas, podendo atuar em ambientes extremos e agressivos aos elastômeros.

Acoplamentos de precisão

Os acoplamentos de precisão são conjuntos mecânicos que fazem a transmissão de rotação entre dois eixos e possuem um tempo de vida útil maior quanto à temperatura, sobrecargas e vibrações.

Isso acontece pois são fabricados de acordo com a sua aplicação, além de serem projetados a partir de normas de qualidade mais rígidas, permitindo conexões de eixos sem folga.

Acoplamentos de engrenagens 

acoplamento de engrenagens

Os acoplamentos de engrenagens permitem a regulação de desalinhamentos tanto axiais como radiais. Eles podem ser encontrados no formato metade flexível e metade rígido.

Além disso, esse tipo de acoplamento de eixo também possui o papel de compensar folgas e deslocamentos axiais que podem afastar os eixos durante a operação.

Acoplamentos magnéticos

Os acoplamentos magnéticos se constituem por meio de um condutor de cobre e um rotor magnético permanente. Seu funcionamento se dá com base no uso de ímãs permanentes.

Ou seja, esse tipo de acoplamento de eixo é capaz de funcionar sem uma fonte de energia elétrica. 

Acoplamentos hidráulicos

Por fim, os acoplamentos hidráulicos costumam ser compostos por materiais como aço, bronze e cobre e funcionam como um sistema de bomba-turbina. 

Esse tipo de dispositivo mecânico, com  alta eficiência e baixo escorregamento, é essencial para transmissão de potência de uma operação.

Quando e porque utilizar o acoplamento de eixo?

acoplamento de eixo guincho

Os acoplamentos de eixo são primordiais para indústrias pois fazem a conexão entre dois sistemas maquinários.

Os acoplamentos de eixo devem ser utilizados quando é preciso fazer a ligação de eixos rotativos.

Qual é a importância de escolher o acoplamento de eixo certo para a sua indústria?

Acoplamentos de eixo são responsáveis pelo funcionamento de diversas máquinas. Sendo assim, quando se escolhe acoplamentos inadequados, isso compromete toda a cadeia produtiva.

Além disso, é a partir da escolha de acoplamentos de eixo de qualidade que se consegue ter um maior tempo de vida útil para as próprias máquinas. Ou seja, o acoplamento industrial está ligado diretamente à preservação dos equipamentos.

Sendo assim, o sucesso e a maior produtividade da empresa também vai depender dos acoplamentos que ela escolher.

Como escolher o melhor modelo de acoplamento de eixo para sua indústria?

acoplamento de eixo como escolher

Como você sabe que é importante escolher o acoplamento de eixo adequado, vamos dar algumas dicas para fazer essa escolha da melhor forma.

Em primeiro lugar, é muito importante saber exatamente que máquinas você utiliza na sua empresa e quais delas estão necessitando de acoplamentos.

Ao mapear com todas as necessidades que as áreas e as máquinas precisam dentro da sua indústria, você pode começar, então, a procurar por essas peças.

Para isso, então, você deve se atentar para os materiais, marcas e as formas de fabricação. Analise a qualidade dos equipamentos que compõem o acoplamento.

Por fim, ressaltamos que é importante escolher bem as empresas, optando por aquelas consolidadas no mercado e que tenham um histórico de referência.

Quais as principais causas para quebra de um acoplamento?

Há vários motivos que podem levar a quebra e má funcionamento de um acoplamento dentro da indústria.

As principais causas para a quebra de um acoplamento de eixo costumam ser falha de alinhamento e balanceamento, desgastes, vibração excessiva, travamento do equipamento, excesso de torque e falta de lubrificação. 

Muitas vezes, nesses casos em que há problemas com o acoplamento, é preciso realizar manutenções corretivas para evitar maiores prejuízos na operação como um todo.

Acoplamentos para motores: quais os tipos e como usá-los

Conclusão

Nesse artigo você pode entender mais sobre acoplamentos de eixo, quais são os tipos que existem no mercado e como eles podem ser aplicados.

Como você viu, também, escolher um bom acoplamento faz toda a diferença para a durabilidade do maquinário e, ainda, para a produtividade da empresa.

Por isso, saber escolher uma empresa referência e consolidada nesse mercado de acoplamentos é muito importante para adquirir a melhor peça!

Sobre o autor:
Lourenço Daudt
Lourenço Daudt trabalha na engenharia de aplicação da Antares Acoplamentos. Há anos trabalha visitando fábricas e acompanhando de perto as dificuldades dos operadores no dia-a-dia.