Acoplamento de Engrenagem: Saiba Como Escolher o Melhor

13/09/2021
Acoplamentos
Lourenço Daudt

No universo dos acoplamentos, existem vários tipos, cada um com características específicas de aplicação. No entanto, você sabe o que difere o acoplamento de engrenagem dos outros tipos de acoplamentos industriais?

No geral, os acoplamentos de engrenagem, por exemplo, pertencem ao grupo dos acoplamentos flexíveis. E se você quer saber mais sobre esse tipo de acoplamento em específico, está no artigo certo.

Ao longo deste texto, vamos falar tudo sobre acoplamento de engrenagem: o que são, quais os subtipos, quais são suas aplicações e como escolher o modelo ideal para a sua empresa. Boa leitura!

Quer saber mais sobre os tipos de acoplamentos que existem? Leia nosso artigo!

O que são acoplamentos de engrenagem?

Os acoplamentos de engrenagem nada mais são do que peças que unem dois eixos rotativos. Como falamos antes, de forma geral, eles fazem parte dos acoplamentos flexíveis, sendo um dos tipos de acoplamentos industriais.

A função desse tipo de acoplamento, além de estabelecer a união, é possibilitar a transmissão de torque com correção de desalinhamentos. 

A falta de sincronia pode ser tanto radial quanto axial. O primeiro caso se dá quando as linhas do eixo ficam paralelas entre si, mas deslocadas do eixo central. 

Já na segunda situação diz respeito quando a distância entre as pontas de eixo ficam desalinhadas com o gap indicado no manual do acoplamento utilizado. Ou seja, as pontas de eixo ficam mais próximas ou mais afastadas que o valor devido.

O acoplamento de engrenagem permite a regulação de desalinhamentos tanto axiais como radiais. Além disso, ele também compensa folgas e deslocamentos axiais que podem afastar os eixos durante a operação.

Quais os tipos de acoplamentos de engrenagem?

Embora o acoplamento de engrenagem faça parte dos acoplamentos flexíveis, eles também podem ser encontrados no formato metade flexível e metade rígido. Sendo assim, vamos falar desses dois tipos de acoplamentos de engrenagem.

Acoplamento de engrenagem flexível

Esse é o tipo mais comum, sendo constituído por duas buchas externas com uma engrenagem interna e dois cubos com uma engrenagem externa.

Sua função é acomodar desalinhamentos possíveis. Por essa razão, são usados  em máquinas, rolamentos e outros equipamentos.

Acoplamento de engrenagem metade flexível e metade rígido

Já esse segundo tipo, como a classificação sugere, é constituído por uma metade rígida e uma metade com uma engrenagem flexível. 

Seu papel é  suportar o desalinhamento angular e, por isso, é utilizado para aplicações que possuem eixos flutuantes.

O que são acoplamentos de engrenagem tipo G?

Um outro tipo de acoplamento de engrenagem conhecido no mercado é o tipo G. Eles nada mais são do que os modelos da marca de acoplamentos Falk. 

Trata-se, portanto, apenas de uma nomenclatura. Isso acontece porque os fabricantes adotam códigos e marcas próprias para especificar seus modelos.

Algumas das vantagens do tipo G são, por exemplo, o fato de ter uma alta capacidade de torque. Isso acontece devido à sua estrutura tecnológica extremamente funcional, o acoplamento desempenha sua função de torque de maneira ágil e eficaz;

Ainda, ele possui uma função adaptadora, devido ao furo central estabelecido no cubo, que possibilita uma gama muito maior de tamanhos e formas de acoplamento em que a ferramenta pode ser aplicada, gerando assim, versatilidade e economia.

Por fim, eles também apresentam uma boa resistência e alto desempenho, com características de altas cargas adicionais permitidas para torque de partida e de pico de curto-circuito.

Quais os benefícios e diferenciais do acoplamento de engrenagem?

acoplamento de engrenagem beneficios

Vamos citar duas das principais vantagens de optar pelo acoplamento de engrenagem dentro da indústria.

Preservação de máquinas equipamentos 

Uma das vantagens do acoplamento de engrenagem está relacionado ao aumento de vida útil dos equipamentos e máquinas industriais, o que garante a alta produção e, claro, o lucro da empresa. 

Além disso, ele também evita o gasto com reparos e substituição de peças ou das máquinas como todo.

A durabilidade desses itens é alta principalmente quando se respeita os intervalos de lubrificação. É ela quem previne problemas de desgaste prematuro em componentes importantes como rolamento e correntes.

Ajuste de vibração 

Mais um ponto positivo é a correção da vibração dos maquinários. Entre os danos causados pela vibração errada estão, por exemplo:

  • Desgaste rápido dos próprios acoplamentos e dos mancais;
  • Ruptura dos eixos;
  • Vazamento de óleo e graxa;
  • Vedações mal feitas;
  • Afrouxamento de parafusos;
  • Ruídos e elevação da temperatura das máquinas.

Com o ajuste de vibração proporcionado pelo acoplamento de engrenagem, esses problemas são solucionados. 

Quando e porque utilizar o acoplamento de engrenagem?

acoplamento de engrenagem por que usar

Os acoplamentos de engrenagem devem ser escolhidos em duas situações mais comuns:

alto torque e estabilidade e necessidade de transmissão de altos torques em peças relativamente pequenas.

O principal benefício dos acoplamentos de engrenagem é a correção de desalinhamentos. Esse problema é comum em máquinas rotativas e basicamente significa que os eixos não giram concentricamente. 

Para exemplificar essa situação, imagine uma linha longitudinal que passa pelo centro de cada um dos eixos. Em um funcionamento correto, essas linhas precisam ser as mesmas para que os eixos fiquem totalmente alinhados entre si. 

No entanto, não é bem isso que acontece na prática, por conta de problemas na fabricação das bases.  Sendo assim,  o acoplamento de engrenagem serve para solucionar essa dificuldade.

Cuidados no uso do acoplamento de engrenagem

É preciso estar atento na hora de usar o acoplamento de engrenagem na sua indústria. Sendo assim, vamos alertar quanto alguns cuidados que você deve ter com esse tipo de acoplamento.

Cuidados com ajustes 

Em primeiro lugar, você deve prestar atenção nos ajustes do acoplamento. Por exemplo, o ajuste do cubo à luva deve sempre ser feito considerando a folga, a localização e a interferência das peças. 

Vale ressaltar que ajustes de interferência excessivos podem causar rachaduras e falhas no cubo. Além disso, os rasgos de chaveta devem ter um raio adequado para reduzir o risco de trinca por fadiga.

Você deve também sempre seguir a tolerância do fabricante para a folga permitida entre o acoplamento e o eixo, assim como instalar o acoplamento de forma que o desalinhamento permaneça nos limites do fabricante em todas as direções.

Por fim, sobre os ajustes, é importante também sempre escolher bem os parafusos, para que eles sejam os adequados. colha os parafusos corretos. Eles precisam receber a pré-carga correta.

Cuidados com o lubrificante

Outro tipo de cuidado é com o lubrificante pois, como já falamos aqui, eles são peças fundamentais para a durabilidade do acoplamento de engrenagem.Em primeiro lugar, é essencial escolher o lubrificante, o método e a quantidade indicados pelo fabricante. 

Além disso, vale ressaltar que se deve sempre usar as juntas e anéis de vedação adequados. Dessa forma, o lubrificante permanecerá no acoplamento e evitará a entrada de impurezas.

Quais as aplicações de acoplamentos de engrenagem?

acoplamento de engrenagem aplicacoes

Agora que você já sabe o que é um acoplamento de engrenagem e suas vantagens, podemos falar sobre mais especificações a respeito desse assunto. 

Como as funções desse tipo de acoplamento afeta diretamente no desempenho de máquinas industriais, principalmente na correção de desalinhamentos, é possível encontrá-lo nos mais diversos casos, como: 

  • Aparelhos de construção civil;
  • Maquinários de metalúrgicas;
  • Máquinas de usinas.

Por que adotar o acoplamento de engrenagem na sua indústria?

Embora tenhamos apresentado diversas vantagens do acoplamento de engrenagem, você ainda pode está se perguntando o porquê de adotá-lo na sua indústria. 

Em primeiro lugar, o principal motivo é pelo fato de que as peças realmente conseguem manter as máquinas e os equipamentos em plena estabilidade. 

Tudo isso se soma à capacidade produtiva da indústria. Sendo assim, é um pilar importante para que as equipes possam bater metas e garantir o crescimento da empresa. 

Como escolher o melhor modelo de acoplamento de engrenagem para sua indústria?

Agora que você sabe que existem tantas opções, vamos orientar como você pode escolher o melhor modelo de acoplamento de engrenagem para a sua indústria. 

O mais importante de tudo é escolher o modelo que mais se encaixa em sua indústria. Para isso, portanto, você deve seguir alguns passos como:

  • Mapear com todas as necessidades que as áreas e as máquinas precisam no momento. Isso ajuda a aumentar a assertividade das compras;
  • Analisar se a rotação não excede o máximo especificado nos catálogos dos acoplamentos, pois o máximo nunca deve ser excedido;
  • Conferir se o tamanho do acoplamento é o ideal para determinada máquina. Isso pode ser feito por meio de uma ferramenta virtual.

Com essas dicas, portanto, você pode fazer uma escolha mais assertiva do acoplamento de engrenagem que sua empresa precisa.

Onde comprar um acoplamento de engrenagem?

Uma das formas que você pode adquirir um acoplamento de engrenagem é. Você pode garantir as melhores peças sem precisar sair de casa. 

Antes de adquirir os produtos, só fique atento à tradição e reputação da marca, precisa ser uma fabricante especializada e de renome no mercado. Fora isso, também confira a qualidade dos acoplamentos, como e em quais processos são desenvolvidos. 

Por fim, mas não menos importante, tenha a certeza de que o site é seguro com criptografia de dados. 

Uma empresa que preenche esses requisitos é a Antares Acoplamentos, então, já fica aqui o convite para você navegar pela loja virtual e conhecer todos os produtos industriais disponíveis. 

Acoplamentos para motores: quais os tipos e como usá-los

Conclusão 

Nesse artigo você pode entender mais sobre o acoplamento de engrenagem: seus tipos, benefícios e, ainda, como escolher o melhor para sua empresa!

Sobre o autor:
Lourenço Daudt
Lourenço Daudt trabalha na engenharia de aplicação da Antares Acoplamentos. Há anos trabalha visitando fábricas e acompanhando de perto as dificuldades dos operadores no dia-a-dia.