O Que É e Como Calcular OEE da Sua Indústria? [PASSO A PASSO]

19/03/2021
Acoplamentos
Lourenço Daudt

O sucesso de qualquer indústria está atrelado à alta qualidade dos produtos desenvolvidos. Mas, para atingir essa meta e cumprir o propósito, é preciso muita atenção e análise o tempo inteiro. Nesse sentido, uma das tarefas frequentes é avaliar o desempenho das máquinas com a teoria do OEE. 

Se você ainda não sabe do que se trata essa sigla, chegou a hora de descobrir! 

Pensando nisso, por aqui, vamos passar pelos seguintes tópicos: 

  • o que é OEE?
  • para que serve?
  • como se calcula?
  • exemplo de cálculo do OEE de um equipamento;
  • qual o OEE ideal?
  • qual a importância da gestão da manutenção no indicador?
  • quais as vantagens de medir?
  • como potencializar os resultados?

Dessa forma, você realmente saberá identificar se os maquinários estão em larga escala de produção ou não. E o melhor: tudo isso de uma forma mais prática e assertiva. 

Não perca mais tempo e confira todas as informações! 

O Que é OEE?

A sigla OEE significa Overall Equipment Effectiveness, traduzido para o Português como eficácia geral da máquina. 

Ou seja, estamos falando de uma teoria que serve para avaliar a capacidade de performance e qualidade dos equipamentos industriais. 

A grande ideia desse método partiu do Japan Institute of Plant Maintenance e, sem dúvidas, já fez e ainda faz muita diferença em qualquer chão de fábrica do mundo. 

Para Que Serve o OEE?

O objetivo geral do indicador OEE é realmente mostrar o quão as máquinas são capazes de produzir em um determinado espaço de tempo. 

Entretanto, quando vamos nos aprofundando no assunto, vemos que é possível tirar conclusões mais específicas. 

O próprio instituto localizado no Japão explica que o OEE eficiência global pode responder a três perguntas cruciais. São elas: 

  • com que rapidez os produtos são feitos? 
  • quantas unidades são desenvolvidas (sem causar perdas e prejuízos)?
  • qual a frequência de disponibilidade das máquinas? 

Então, você imaginava que a eficácia desse indicador em pauta fosse tão grande? E olha que ainda temos muito o que ver pela frente. 

Como se Calcula OEE Passo a Passo?

oee-como-calcular-passo-a-passo

A fórmula do indicador é a seguinte: disponibilidade x performance x qualidade = OEE. 

Só que, antes de chegar a essa equação, obviamente, é preciso saber o valor exato dos denominadores. 

Então, vamos lá para o passo a passo! 

  1. Cálculo de disponibilidade: 

disponibilidade = tempo de produção ➗ tempo de produção + paradas inesperadas.

  1. Cálculo de performance: 

desempenho = tempo de produção idealizado ➗ tempo de produção concreto.

  1. Cálculo de qualidade:

qualidade = número de produtos produzidos – quantidade descartada – quantidade refeita ➗ número de produtos produzidos.

Exemplo de Cálculo do OEE de um Equipamento

Depois de saber a fórmula de cada indicador, basta fazer as contas e saber quanto é o OEE dos seus maquinários. 

Imagine que os número obtidos e o resultado tenham sido:

OEE = 0,70 x 0,80 x 0,90 x 100% = 50,4%

Mas, será que esse valor está dentro do padrão? 

Calma, que isso já é assunto para o próximo tópico. 

Qual o OEE Ideal?

O OEE ideal, na verdade, depende bastante do tipo de indústria. 

No geral, dá para se basear em um KPI de valor 85%. 

Nesse caso, os denominadores precisam ficar com: 

  • 90% de disponibilidade;
  • 95% de performance;
  • 99% de qualidade. 

Qual a Importância da Gestão da Manutenção no Indicador de OEE?

importancia-da-gestao-do-oee

O cálculo de eficiência OEE é extremamente importante para mostrar o quanto os maquinários são capazes de produzir. Ao mesmo tempo, a conta também evidencia perdas e prejuízos. 

Desse modo, a indústria tem a possibilidade de enxergar com mais clareza os seus próprios processos, se todas as tarefas estão dando resultado ou não. 

Basicamente também é uma maneira de “colocar todos os colaboradores na mesma página”. 

Aliás, vale sempre dizer que, quando KPIs são bem definidos e acompanhados, as chances de crescimento aumentam bastante. 

Além disso, permitem que as pessoas saibam o que precisam fazer e onde é possível chegar, dois fatores que também somam à motivação dos funcionários.  

Quais as Vantagens de Medir o OEE?

Resumidamente: as principais vantagens do indicador OEE é a maior possibilidade de solucionar gargalos e, também, de aumentar a própria capacidade produtiva das indústrias

No fim das contas, não tenha dúvidas: todos saem ganhando. 

Como Potencializar os Resultados do OEE?

O primeiro passo é ter consciência da importância do OEE e, assim, adotá-lo nos processos da indústria. 

Além disso, todos os colaboradores precisam saber o objetivo dessa meta, como ela funciona na prática e o que ela pode proporcionar ao trabalho. 

Ainda pensando nessa clareza, vale usar um painel eletrônico ou, ainda, disparar um e-mail com os dados da semana sobre o desempenho das máquinas. 

Aposte em relatórios bem claros e objetivos! 

E se algum desses documentos apontar problemas nos maquinários, tenha em mente que a solução deve ser buscada o quanto antes.

Para isso, os funcionários também precisam ter essa proatividade e, claro, a capacidade suficiente para resolver tudo com precisão e qualidade.

A última dica é sobre atrelar o OEE com outros KPIs, métodos e práticas. Afinal, tudo isso serve para pavimentar o caminho até o sucesso. 

Conclusão

Neste conteúdo, vimos tudo sobre o conceito OEE: o que é, como funciona, de qual forma aplicar, como calcular, vantagens e meios de potencialização. 

Caso você ainda tenha ficado com alguma dúvida, comente aqui embaixo! 

Agora, se tudo ficou claro, é hora de explorar o máximo possível do KPI na sua rotina de trabalho. 

No começo, pode ser que as equipes estranhem um pouco a leve mudança nos processos, mas logo todos já estarão acostumados com a novidade. 

Realmente vale apostar nesse indicador e aumentar a performance de máquinas e equipamentos industriais

O que achou das nossas sugestões? Acompanhe outros assuntos sobre o dia a dia do chão de fábrica aqui no blog Antares Acoplamentos!

Sobre o autor:
Lourenço Daudt
Lourenço Daudt trabalha na engenharia de aplicação da Antares Acoplamentos. Há anos trabalha visitando fábricas e acompanhando de perto as dificuldades dos operadores no dia-a-dia.