Fique por dentro do mundoAntares Acoplamentos

Visualize nossas notícias e artigos.

Voltar
01/12/2017

Acoplamento de qualidade: maior tolerância aos desalinhamentos

Os desalinhamentos são um desvio da posição relativa do veio do eixo co-linear de rotação quando determinado equipamento está funcionando em condições normais de operação. Apesar de ser considerado relativamente comum, esse defeito pode ser minimizado quando da utilização de acoplamentos corretos e, principalmente, de qualidade, para cada tipo de aplicação.


Os desalinhamentos são indicados por vários sintomas, e não é preciso equipamentos ou medidores especiais para perceber esses defeitos. Vibrações radiais e axiais excessivas, temperatura alta no mancal ou no óleo de descarga, volume excessivo de vazamento de óleo nos vedantes do rolamento, parafusos da fundação soltos ou parafusos de acoplamento soltos ou partidos são alguns indicadores de que há algum desalinhamento descontrolado, ou melhor, sem a atuação ou interferência de um acoplamento de boa performance.


Solução: acoplamento de qualidade

 

A qualidade de um acoplamento tem muita importância para garantir uma maior tolerância aos desalinhamentos, evitar choques mecânicos, reduzir o esforço e aumentar a vida útil dos componentes de um sistema. A vida operacional dos rolamentos e vedantes de uma máquina é diretamente afetada pelas forças excessivas a que estão expostos, por exemplo. O desalinhamento é a causa de 50% dos colapsos de rolamentos, pois os elementos de máquina (rolamentos, selos, retentores, engrenagens) normalmente não estão preparados para a flexão induzida no eixo.

 

Por se tratarem de elementos de transmissão específicos para unir duas extremidades (eixos) de equipamentos distintos transmitindo torque os acoplamentos preenchem vários requisitos ligados aos desalinhamentos, entre eles absorver choques em um dos eixos, amortecer vibrações torcionais e proteger máquinas e equipamentos de sobrecarga funcionando como fusível.
 

Flexibilidade e absorção

 

A incidência de desalinhamentos é tão alta no meio industrial que eles são considerados pelos fabricantes de acoplamentos como a “dor” do cliente. Por isso a importância de se investir em acoplamentos que, além de absorverem desalinhamentos e choques mecânicos, atuam na redução de vibrações e ruídos. Nesses casos, é indicado o uso de acoplamentos flexíveis, por permitirem mais “liberdade” para a máquina desalinhada, reduzindo sua vibração e esforço e aumentando a vida dos componentes.


Sem perda na produtividade

 

Uma das premissas do setor industrial é “confiabilidade no conjunto”, ou seja, operar com um maquinário que se complemente em qualidade e produtividade. Um acoplamento com Qualidade Total proporciona um desempenho muito superior aos demais modelos chamados “similares”, oferecendo grande aumento na vida útil e ganho de produtividade e disponibilidade de máquina. Para isso, um acoplamento precisa estar relacionado a um projeto bem idealizado, materiais e métodos de fabricação de qualidade e segurança e suporte técnico. Assim, estará especialmente apropriado à maior tolerância aos desalinhamentos.

 

Fonte: Guilherme Cavion / Engenharia de Aplicação ANTARES